Banco informa a fórmula para ganhar na bolsa com o setor de saúde

, Sem categoria
Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Depois de avaliar os números da temporada de resultados do terceiro trimestre, o HSBC atualizou suas estimativas para empresas do setor de saúde.

Os analistas, Luciano Campos e Caio Moscardini, avisam que chegou a hora dos investidores se concentrarem em identificar as ações com maior probabilidade de recuperação com a retomada da atividade econômica esperada em 2013.

O posto de preferida na avaliação do HSBC continua sendo da Odontoprev (ODPV3). A recomendação é classificada em alocação acima da média de mercado (overweight) e o preço-alvo em 12 meses subiu de 12,50 para 13,50 reais, um potencial de valorização de 21%.

Eles informaram que a empresa é a melhora deles, apostam, considerando a resiliência do modelo de negócios e sua combinação única de crescimento e fluxo de caixa para os acionistas. Ao ver deles, a empresa está em boa posição para alavancar a recuperação econômica do ano que vem.

Não convenceram

As prestadoras continuam sendo o grupo menos atrativo na bolsa, conforme explica o relatório. “Os problemas específicos e estruturais das empresas, como a falta de poder de colocação de preços, continuam a afetar o desempenho”, explicam Campos e Moscardini.

As ações do Grupo Fleury (FLYR3) continuam com recomendação classificada em neutra, com preço-alvo elevado de 25 para 27 reais, o que corresponde a um potencial de ganhos de 12%. Os papéis da Dasa (DASA3) contam com a mesma recomendação e tiveram mantido o preço alvo-de 13,50 reais, um potencial de alta de 2,4%.

Deixe uma resposta