BNDES aprova R$ 6,3 mi para projeto de educação continuada destinado a profissionais da saúde

, Sem categoria

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou empréstimos no valor de R$ 6,3 milhões para a Editora Atheneu realizar seu Plano Editorial 2016/2017 e desenvolver conteúdo exclusivo para plataforma digital. O apoio do banco corresponde a 56% do investimento total da empresa, no valor de R$ 11,2 milhões.

O plano de investimentos da Editora Atheneu está dividido em duas partes: o plano editorial 2016-2017, que compreende a produção de 170 livros inéditos, de autores nacionais, na área de saúde; e a plataforma de ensino à distância, com criação e distribuição online de conteúdo exclusivo.

Este é o terceiro projeto da Editora Atheneu que recebe o apoio do BNDES. A expectativa do banco é contribuir para o fortalecimento da área científica, técnica e profissional do País, com a ampliação do acervo de títulos inéditos de autores brasileiros, seja por meio das edições impressas, seja com o desenvolvimento da plataforma digital de educação continuada.

O plano editorial de 2016 e 2017 compreende a produção de 170 livros inéditos de autores nacionais na área de medicina e saúde. A produção dos livros se dará em duas etapas: o processo editorial, de cerca de 1 ano, que envolve a identificação de temas e autores, o recebimento e análise dos textos originais; e o processo de produção, que dura cerca de 6 meses e envolve a preparação de originais, imagens, revisão, layout e gráfica.

O projeto de educação continuada visa desenvolver e incluir os produtos videoaula e podcast na plataforma digital. A proposta do ensino à distância é desenvolver 14 cursos de atualização, de curta duração, com 10 aulas em média, até 2019.

A editora recebeu, em abril deste ano, aval técnico-científico do Conselho Federal de Medicina ao seu ao programa de educação continuada, considerando a qualidade da plataforma e o seu conteúdo editorial. A Atheneu prevê ainda formar parcerias para buscar certificação aos cursos.

As videoaulas serão comercializadas, individualmente, direto ao usuário. O objetivo da plataforma é aprimorar o aprendizado do estudante ou profissional da saúde, contendo atividades específicas que visam simular situações de atendimento ao paciente e testar o nível de conhecimento dos profissionais.