Cromossomo responsável pela síndrome de Down é “desligado” em laboratório

, Sem categoria
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Um estudo realizado por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, e publicado na revista Nature revelou a possibilidade de desativar o cromossomo causador da Síndrome de Down.

Na experiência feita em laboratório com células humanas o objetivo dos pesquisadores é conseguir silenciar os efeitos de um cromossomo 21 inteiro. O grupo, liderado por Jeanne Lawrence, inseriu um gene chamado XIST em células-tronco de uma pessoa com síndrome de Down cultivadas em laboratório.

O gene exerce um papel importante no desenvolvimento celular normal ao “desligar” um dos dois cromossomos X presentes nos embriões femininos, garantindo que as meninas não tenham uma dose dupla de cromossomos X. O gene é capaz também de silenciar a cópia extra do cromossomo 21, ajudando a corrigir os padrões irregulares de crescimento das células dos portadores da síndrome.