Cuidado com o paciente: a solução para a saúde global

Cuidado respeitoso e responsivo às preferências e necessidades do paciente e a garantia de que seus valores guiam as decisões clínicas – esses são os aspectos do conceito de Patient Centered Care, de acordo com o Institute of Medicine dos Estados Unidos (IOM). Tendo este pensamento como pano de fundo, somos levados a perceber que a área da saúde tem caminhado em direção a novas tendências mundiais. Cada vez mais o paciente passa a ser observado com olhar mais completo e sensível, não mais como somente um paciente.

No guarda-chuva dessa nova concepção, entende-se que o paciente necessita ser atendido por profissionais que estejam conectados e em condições de avaliá-lo, não somente em sua especialidade, mas com olhar sistêmico, garantindo um cuidado mais pessoal e profundo. Ao passo em que se evolui a atenção ao indivíduo e sua família, avança-se também a tecnologia, que a despeito da área de atuação, busca alcançar patamares de excelência em atendimento e qualidade de serviço.

Hoje, sistemas de prontuário eletrônico permitem ao profissional registrar detalhes muito individuais do atendimento, como estado de humor e relatos pessoais que o paciente apresenta durante as consultas. Uma peculiaridade interessante sobre esse conceito é que, não só o médico ou a equipe de enfermagem, mas todos os colaboradores das instituições de saúde devem estar prontos e capacitados para o cuidado. O profissional de hoje, precisa ter a visão ampliada e contemplar os princípios do Patient Centered Care, que incluem educação, informação e integração.

O ponto central é determinar o que é importante para o paciente. Proporcionar diagnósticos mais seguros com prontuários, exames e laudos conectados, oferecendo comodidade por meio de agendamentos on-line e diminuição no tempo de espera do atendimento. Hoje, o ideal é que as instituições de saúde, sejam hospitais ou laboratórios, que invistam de maneira crescente em soluções que compreendam todo o ciclo de atendimento ao paciente, com empatia, transparência e relacionamentos sólidos.

 

*por Iomani Engelmann, diretor comercial e marketing da Pixeon

Deixe uma resposta