Equipamento de última geração ajuda no diagnóstico preciso do câncer

, Sem categoria

Hospital São Rafael comemora selo de qualidade internacional na realização de exames em pacientes baianos

No Brasil, dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) revelam a ocorrência de cerca de 600 mil novos casos da doença no país, entre 2016 e este ano. A alta estimativa confirma que o câncer é a segunda causa de morte no mundo, sendo o de pele, próstata, mama e de pulmão os tipos mais incidentes na população. O diagnóstico precoce continua sendo fundamental para o sucesso do tratamento, e outro fator surge como aliado neste processo: a tecnologia.

Em Salvador, o PET/CT, exame realizado no Hospital São Rafael (HSR), é uma das mais importantes e modernas ferramentas de diagnóstico por imagem, utilizada principalmente por pacientes oncológicos. “O equipamento reúne dois exames, que são realizados ao mesmo tempo, que revelam alterações no metabolismo das células e oferecem imagens detalhadas do corpo do paciente. De uma forma mais didática, o PET/CT tem a finalidade de dar o diagnóstico do câncer, mostrar a extensão da doença, analisar o estágio do tumor e a eficácia do tratamento”, explica o médico nuclear, Lucas Vieira.

O Hospital São Rafael foi pioneiro na instalação do equipamento PET/CT, na Região Norte-Nordeste, e recentemente recebeu um certificado de qualidade da Sociedade Europeia de Medicina Nuclear. Com o reconhecimento, a Unidade de Saúde, que já era um dos centros de referência em Medicina Nuclear do Brasil, agora passa também a ser a única do país com essa certificação. “Isso significa dizer que o que fazemos hoje em paciente baianos, no Hospital São Rafael, é de qualidade internacional”, esclarece Lucas Vieira, informando que o procedimento é realizado por convênios privados, plano de saúde, particular e SUS.

Novo Centro de Oncologia

A transição do ano de 2016 para 2017 também foi marcado pela inauguração do novo prédio no HSR, batizado de Luigi Verzé, cujas instalações estão sendo entregues por etapas. Dentre a proposta de ampliação, a população já pode contar com a nova Unidade de Oncologia Ambulatorial, com um Centro de Infusão de Quimioterapia e Imunobiológicos.

Além de oferecer o que há de mais moderno no tratamento do câncer, as instalações foram estruturadas sob as premissas do acolhimento, completude e assistência integrada ao paciente. O Centro de Oncologia dispõe de 18 unidades individualizadas, três apartamentos e seis unidades coletivas, como também uma equipe multidisciplinar. O espaço abriga ainda a Unidade exclusiva para tratamento de pacientes com Leucemia Aguda e Transplante de Medula Óssea que, recentemente, atingiu a marca de 200 transplantes realizados.

Deixe uma resposta