Hospital Moinhos de Vento recebe prêmios da ABRH-RS

O Hospital Moinhos de Vento conquistou os prêmios Top Ser Humano e Top Cidadania 2017, ambos na Categoria Organização, concedidos pela Associação Brasileira de Recursos Humanos, Seccional Rio Grande do Sul (ABRH-RS). A cerimônia de entrega será dia 27 de setembro, no Grêmio Náutico União – Alto Petrópolis, menos de uma semana antes de o Hospital Moinhos de Vento completar 90 anos.

No Top Ser Humano, criado para reconhecer quem valoriza as pessoas como diferencial estratégico para o crescimento, a instituição foi vencedora com o case “Esse é o nosso jeito de receber, acolher e desenvolver o novo colaborador”. Na distinção que premia as ações que contribuem para o incentivo de investimentos sociais, o Top Cidadania, o hospital concorreu com “Projeto UTI Visitas – Implementação e avaliação da visita familiar ampliada em UTIs brasileiras”.

Conforme a ABRH-RS, as premiações evidenciam e reconhecem empresas e organizações que se destacaram por suas práticas de gestão de pessoas, desenvolvimento humano e responsabilidade social.

No case encaminhado para o Top Ser Humano, o Hospital Moinhos de Vento mostrou que tem uma prática consolidada de integração dos profissionais, prezando pela orientação e capacitação dos recém admitidos com o propósito de fortalecer o engajamento e o alinhamento com a cultura da organização.

Chamado de Treinamento Introdutório, o processo conta com três etapas: integração institucional, treinamentos em educação à distância e treinamentos presenciais específicos na área. Desde o ano passado, esse último ciclo passou a contar com a integração estendida. Ao longo de uma semana, os novos colaboradores realizam uma imersão em formações teóricas e práticas que os capacitam para desempenhar as suas funções com excelência técnica e comportamental.

“Os novos colaboradores são preparados para perpetuar a cultura da excelência pela qual o Hospital Moinhos de Vento é reconhecido. Reunimos tradição, tecnologia, segurança e qualidade voltados para os melhores desfechos para os clientes em consonância ao Planejamento Estratégico”, afirma Katherine Saibel, gerente de Desenvolvimento Humano.

O projeto UTI visitas, vencedor no Top Cidadania, foi elaborado com o objetivo de aumentar o tempo de visita familiar em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), para tornar o atendimento mais humanizado e centrado nas necessidades dos pacientes e

seus familiares. Essa iniciativa incluiu o desenvolvimento, a implementação e a avaliação da eficácia de um modelo de visita familiar de 12 horas por dia em UTIs brasileiras. Mais de 40 unidades das cinco regiões do Brasil estão participando do projeto UTI Visitas que está a cargo do Escritório de Projetos Proadi-SUS, ligado à Superintendência de Educação, Pesquisa e Responsabilidade Social do Hospital Moinhos de Vento.

“Há poucos momentos na vida de uma pessoa que demandam mais a presença de um familiar próximo do que durante uma doença crítica. O maior contato do enfermo com seu ente querido pode contribuir, através do acesso à informação, do suporte às tomadas de decisão, da individualização do cuidado e da legitimação das emoções, para amenizar o estresse psicológico e para a melhoria dos cuidados prestados aos pacientes”, afirma Regis Rosa, médico intensivista do CTIA do Hospital Moinhos de Vento, líder do Projeto UTI Visitas.

Deixe uma resposta