Hospital Sírio-Libanês lança relatório de sustentabilidade

, Sem categoria

A Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês lançou a nova edição do seu Relatório de Sustentabilidade, com o objetivo de oferecer aos diferentes públicos as informações sobre o seu desempenho em 2016. Ao longo de 70 páginas, o documento, que pode ser consultado online no site www.hospitalsiriolibanes.org.br, aborda 13 temas prioritários, divididos em cinco áreas foco da instituição: Pacientes, Meio Ambiente, Colaboradores e Corpo Clínico, Governança e Sociedade.

Essa divisão foi estabelecida a partir dos pilares de atuação da SBSHSL – assistência à saúde, ensino, pesquisa e responsabilidade social. Os indicadores apresentados em cada um dos temas demonstram o impacto positivo dos programas e das iniciativas não apenas para o negócio, mas também para a vida de colaboradores, a saúde brasileira e para a sociedade em geral.

“As ações executadas de maneira integrada e complementar refletem o nosso compromisso com a geração de valor para a sociedade brasileira como um todo. A partir do trabalho desenvolvido por nossas equipes, com foco na qualidade e segurança assistencial e na gestão eficiente de nossos recursos, temos conseguido crescer de maneira sustentável e ampliar os resultados que são revertidos em benefícios para um número cada vez maior de pessoas”, afirma o CEO do Hospital Sírio-Libanês, Paulo Chapchap.

Em 2016, o Hospital Sírio-Libanês consolidou os investimentos realizados nos últimos anos, para ampliação de sua estrutura física. Esse crescimento veio acompanhado pelo aperfeiçoamento dos processos internos, o que pode ser comprovado pelas certificações recebidas ao longo do ano: Acreditação Canadense (nível diamante), concedida pela Accreditation Agrément Canadá; a certificação Leed, na categoria Gold, para as novas torres do complexo da Bela Vista; a Distinção de Prevenção de TEV (IQG Health Services Accreditation); e a certificação Diamante Prime em Prevenção de Lesões de Pele (3M do Brasil).

Na área de Responsabilidade Social, as iniciativas da SBSHSL estão alinhadas com as diretrizes do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), do Ministério da Saúde, divididas em quatro frentes: Capacitação de Recursos Humanos; Desenvolvimento de Técnicas e Operações de Gestão em Serviços de Saúde; Parceria com o Gestor Local / Projetos Assistenciais; e Estudos de Avaliação e Incorporação de Tecnologia.

Ao todo, são 27 projetos que beneficiam a saúde pública. Um exemplo foram os cursos de capacitação que, apenas em 2016, atingiram 8 mil profissionais de 118 municípios de diferentes regiões do Brasil.

A atuação na área de Responsabilidade Social também inclui o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL), que possui contratos com as Secretarias Estadual e Municipal de Saúde de São Paulo, para a gestão de unidades públicas de saúde. Estão sob esse tipo de administração o Hospital Municipal Infantil Menino Jesus, da Prefeitura de São Paulo, e, no âmbito estadual, o Hospital Geral do Grajaú e AME Interlagos, a unidade da Rede Lucy Montoro, em Mogi Mirim, e do Hospital Regional de Jundiaí.

Deixe uma resposta