Inauguração de novo prédio amplia área de convivência para adolescentes e crianças com câncer

, Sem categoria

A Casa Ronald McDonald Campinas inaugura nesta quinta-feira (11), novo espaço de convivência social e lazer para ampliar o bem-estar dos hóspedes. Parceira do Centro Infantil Boldrini e outros hospitais da cidade, a instituição acolhe adolescentes e crianças com câncer e suas famílias, oferecendo hospedagem, alimentação, transporte e atendimento psicossocial.

A nova construção abriga salas de convivência, espaço específico para atendimento psicossocial, locais para cursos de capacitação e ampla área de lazer (pebolim, hóquei de mesa e sinuca), uma estrutura física que possibilita mais conforto e humanização durante o tratamento. As novas instalações também serão utilizadas para recepcionar os familiares, festas e armazenamento de doações destinadas ao bazar.

Com uma estrutura física de 495m² o novo prédio foi construído, mobiliado e equipado com apoio do Instituto Ronald McDonald. O projeto Alinhavando recebeu R$300 mil por meio do Programa Atenção Integral para sua execução. O projeto do espaço foi uma doação da arquiteta Stella Buratto e sua execução também recebeu recursos de empresas como Bradesco, Via Metal, Casarão, Stella Buratto Coca-Cola, Espaço Gourmet, Green Wall, Rafaela Novaes, Unipisos, IC Transportes e Led Luz.

Para Fernando Figueiredo, presidente da Casa Ronald McDonald Campinas, o espaço será um complemento importante às acomodações e conforto já oferecidos, além de trazer lazer para hóspedes e familiares. “A nossa intenção com esse novo projeto da Casa foi contribuir para ampliação da convivência social e familiar, contribuindo para que nossos jovens tenham mais espaço para interação com os parentes e amigos, ajudando a diminuir o peso que a doença e, consequentemente, garantindo melhor adesão ao tratamento oncológico”, diz Fernando.

A Casa em Campinas faz parte do Programa internacional Casa Ronald McDonald, coordenado no Brasil pelo Instituto Ronald McDonald. A instituição hospedou ao longo do ano de 2014, mais de 168 adolescentes e crianças com câncer e seus acompanhantes, tanto da região, quanto de outros estados. Segundo o superintendente do Instituto Ronald McDonald, Francisco Neves, a inauguração do projeto é um momento de comemoração para todos. “Quando o paciente fica hospedado em uma Casa Ronald McDonald evita-se que a criança ou o adolescente interrompa o tratamento, pois a casa de apoio provê toda a ajuda necessária para a estadia na cidade. A Casa funciona como um grupo de suporte para pais e pacientes lidarem melhor com a doença. Daí a importância de reconhecermos e apoiarmos ainda mais o trabalho que está sendo realizado”, comemora Neves.