Instituições universitárias do MS recebem equipamentos de neonatologia

, Sem categoria
Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Instituições universitárias da saúde são equipadas com novos aparelhos de neonatologia. aquisição é coordenada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e integra o Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf).

Entre os itens adquiridos estão 381 incubadoras neonatais e 60 incubadoras de transporte que foram entregues a 26 hospitais. Para este segundo semestre está previsto o início da entrega de 326 aparelhos de fototerapia com lâmpadas LED e 298 aspiradores cirúrgicos elétricos. Além disso, está em andamento o processo de aquisição de 881 berços acrílicos e 312 Unidades de Cuidados Intensivos que serão distribuídos entre 31 hospitais.
Os equipamentos serão utilizados nas unidades de neonatologia e maternidades dos hospitais universitários que integram a rede federal e que apresentaram a necessidade de aquisição.
A modernização do parque tecnológico dos hospitais é uma das ações do Programa Rehuf, criado em 2010 e executado em parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde. De acordo com o presidente da empresa, José Rubens Rebelatto, os hospitais serão equipados com o que há de mais moderno no mercado médico-hospitalar.
O diretor assistencial da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, Carlos Augusto Alencar Júnior, destacou a importância dos itens adquiridos. “O impacto foi tanto qualitativo quanto quantitativo, na medida em que nossa unidade passa por reformas de ampliação dos serviços e as incubadoras que recebemos nos permitirão qualificar a assistência prestada à população”, destacou. A Maternidade, vinculada à Universidade Federal do Ceará (UFC), recebeu 20 incubadoras e aguarda a entrega dos aparelhos de fototerapia.
A superintendente do Hospital Universitário do Maranhão, Joyce Lages, destaca os benefícios das 25 novas incubadoras neonatais e cinco incubadoras de transporte recebidas pela instituição.
As compras de insumos e equipamentos estratégicos para os hospitais universitários federais são realizadas por meio de Registro de Preços Nacional (RPN), na modalidade de pregão eletrônico, mecanismo que assegura transparência e economia de recursos humanos e financeiros ao processo. Até o momento, a economia alcançada com as compras dos equipamentos de neonatologia é de, aproximadamente, R$ 3 milhões, o que representa 22,3% em relação aos preços de mercado. No caso de alguns itens, como os aparelhos de fototerapia, enquanto o valor unitário de referência era de R$ 6.233,33, o preço final registrado foi de R$ 3.300,00, uma economia de 47,06% nesse grupo de produtos.
Além da modernização do parque tecnológico dos hospitais, o programa de reestruturação tem como finalidade a recuperação das instalações físicas e a recomposição da força de trabalho das unidades. Os 46 hospitais universitários, vinculados a 32 universidades federais, são responsáveis pela formação de grande número dos profissionais de saúde do país. Em determinadas regiões, são as unidades mais importantes do serviço público de saúde, cumprindo papel fundamental na consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS), na medida em que muitos são considerados de grande porte e têm perfil assistencial de alta complexidade.

Deixe uma resposta