Produção de equipamentos e materiais de saúde tem aumento de 15,3%

, Sem categoria

Saúde Online

 

A fabricação de equipamentos e materiais de uso médico-hospitalar e odontológico cresceu 15,3% no primeiro trimestre de 2014 em relação ao mesmo período de 2013. Já as importações desses produtos, em especial de aparelhos de raios X e os que utilizam radiações, registraram uma queda de 13,9% em igual período.

Os dados fazem parte de estudo sobre o desempenho do setor de produtos para a saúde realizado pela consultoria econômica Websetorial para a ABIMED (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Equipamentos, Produtos e Suprimentos Médico-Hospitalares).

O levantamento mostrou ainda que as vendas do setor cresceram 12,7% no primeiro trimestre do ano e que 1.858 novos empregos foram gerados no período, alta de 3,8% a mais do que no primeiro trimestre do ano passado.

Na avaliação da Abimed, os resultados, em especial o aumento da produção e a queda nas importações, retratam as mudanças que estão ocorrendo no setor em decorrência das políticas industriais de estímulo à fabricação local de produtos para a saúde, que incluem a realização de parcerias entre os setores público e privado.

Segundo Carlos Goulart, presidente-executivo da Abimes, esses números podem ser os primeiros resultados dos Processos Produtivos Básicos (PPBs) aos quais as empresas do setor aderiram, iniciando ou ampliando a produção local de equipamentos e produtos médico-hospitalar.

Ainda segundo ele, existem atualmente seis PPBs em curso para fabricação de Ultrassom, Tomografia Computadoriza, Ressonância Magnética, Arco Cirúrgico e PET/CT. Empresas como Philips, GE, Toshiba, Siemens, por exemplo, que aderiram ao programa, já instalaram fábricas no Brasil.

Deixe uma resposta